51 3713 8100

GGIM discute ampliação do videomonitoramento com parcerias público-privadas Última atualização em, 04 de setembro de 2018

A principal pauta da reunião mensal do Gabinete de Gestão Integrada Municipal – GGIM, realizada na manhã desta terça-feira, 4, foi a possibilidade de parcerias público-privadas para a ampliação do sistema de videomonitoramento e da sensação de segurança em Santa Cruz do Sul.

 

A proposta, já implantada em outros municípios e trazida para discussão do gabinete pelo representante do Ministério Público, Dr. Érico Barin, foi debatida com representantes da Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Esporte (Sesde), Brigada Militar, Polícia Civil e entidades empresariais.

 

Conforme modelo usado pela cidade de São Gabriel, imagens de câmeras instaladas em pontos comerciais e industriais, porém voltadas aos espaços públicos, seriam disponibilizadas à Sala Integrada de Videomonitoramento, Comando e Controle. Dessa maneira, os órgãos de segurança do município teriam acesso imediato às gravações, como forma de prevenir e coibir atividades criminosas.

 

Conforme o Secretário Municipal de Segurança, Henrique Hermany, a implantação do sistema seria custeado por empresas ou pessoas físicas que queiram aderir ao projeto, não gerando custo ao município. “É uma forma de pensar a segurança pública de forma solidária, envolvendo os interesses gerais da comunidade. A integração dos órgãos de segurança, que já vem dando reflexos muito positivos na diminuição dos índices de criminalidade, pode avançar com parcerias público-privadas”, destaca.

 

As entidades convidadas para a reunião estiveram representadas pelo presidente da Associação de Entidades Empresariais (Assemp), Léo Schwingel; presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), João Goeck; presidente da Associação Comercial e Industrial (ACI), Lucas Rubinger e pelo presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas), Mauro Spode, que demonstraram interesse na iniciativa. “Temos total capacidade de implantar o projeto em Santa Cruz do Sul e com certeza a ideia será bem recebida pelos associados das entidades”, enfatizou o representante da ACI.

 

O próximo passo em busca da implantação do sistema em Santa Cruz do Sul caberá à equipe técnica da Secretaria de Segurança, que trabalhará na concretização do projeto, após receber o retorno das discussões internas de cada entidade representada na reunião. O Vereador Gerson Trevisan, que no gabinete representa a Câmara de Vereadores e a Polícia Civil, buscará subsídios e modelos de legislação em outros municípios para legalizar e viabilizar a parceria no âmbito local.

 

Além de lojas e empresas, a ideia dos integrantes do GGIM é discutir também parcerias semelhantes com lideranças comunitárias, visando a formação de grupos em bairros e localidades do interior, que possam colaborar na efetiva sensação de segurança. Tal parceria se daria através da disponibilização de imagens de sistemas privados, como também com a troca de informações por grupos e outras ferramentas de redes sociais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico:
suporte@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP