51 3713 8100

Triste comparação Última atualização em, 23 de janeiro de 2018

Recentes episódios de abastecimento de água em Santa Cruz do Sul estranhamente serviram  de incentivo, esta semana, para que determinado veículo de comunicação de Vera Cruz traçasse uma triste e infeliz comparação entre os dois municípios, como se possível fosse confrontar realidades tão distintas. E o mais bizarro é que não é a primeira vez, fato semelhante aconteceu em 2017.

 

Embora não referisse diretamente o nome de Santa Cruz do Sul na matéria, quem acompanhou o noticiário pela imprensa regional, neste início de ano, percebeu o insulto. Mas a pergunta que fica é a seguinte: se o sistema de água em Vera Cruz é tão eficaz quanto propaga tal veículo, não basta por si só o autoelogio? É realmente necessário sobrepujar o município vizinho – o que denota acentuado complexo de inferioridade – e, valendo-se de situações pontuais de falta d`água, denegrir a imagem desse, para então exaltar-se perante a comunidade?

 

Quando a imprensa emprega esse tipo de artimanha, o que faz, com certeza, não é jornalismo, é intriga, provocação. Qualquer leitor com um pouco de senso crítico e um olhar mais atento, percebe logo que a matéria publicada é praticamente um elogio à Administração Municipal de Vera Cruz, não tem contraponto, opiniões divergentes, nenhum depoimento dissonante. Nem no País das Maravilhas isso seria possível! Alice que o diga.

 

Se pra mostrar que o que eu tenho é bom, preciso dar a entender que o que o outro tem é ruim, então, com certeza, o que tenho não deve ser tão bom assim. 

 

O que o cidadão espera da imprensa é que ela seja isenta, livre, sensata, democrática. Que não se alie a governos e a partidos políticos e nem faça oposição indiscriminada a eles. Que seja apenas e acima de tudo porta-voz da comunidade. Que noticie as mazelas da sociedade, mas que mostre também o bom, o belo, o positivo. Que ajude na construção de uma sociedade melhor. 

 

Santa Cruz do Sul tem um imenso reservatório, capaz de garantir água a seus habitantes, mesmo por um longo período de estiagem. A assinatura de um contrato de 40 anos com a Corsan, em 2014, garantiu milhões em investimentos para a execução de obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário, que estão sendo realizadas. Dentro de pouco tempo vamos resgatar o que governos anteriores por décadas deixaram de fazer. Santa Cruz do Sul vai ter muito do que se orgulhar, sem ter que tripudiar sobre seus irmãos menores. Porque afinal de contas, todo munto sabe que viver aqui é bom demais!

 

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico:
suporte@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP