51 3713 8100

Henrique Hermany faz balanço positivo e projeta um 2018 ainda melhor ├Ültima atualiza├ž├úo em, 27 de dezembro de 2017

A união das forças da segurança para a prevenção e redução nos índices de criminalidade. Este foi o principal aspecto positivo destacado pelo secretário de Segurança, Defesa Civil e Esporte, Henrique Hermany, em entrevista à Rádio Gazeta AM 1.180, na manhã desta quarta-feira, 27. 

 

Segundo o secretário, o primeiro ano de implantação do Centro Integrado de Segurança Pública e Cidadania, que congrega órgãos de segurança e serviços de assistência social, e que foi premiado  a nível Estadual em 2017, foi um divisor de águas na área de segurança. “O resultado do integrar nos deixa muito felizes quando percebemos que a comunidade se sente mais assistida e mais próximas dos serviços”, afirmou. Segundo ele, a quantidade de atendimentos justifica o sucesso da proposta de integração. “Os números comprovam que diminuíram os índices de criminalidade na Zona Sul e aumentou significativamente o atendimento a mulheres e crianças vítimas de violência”, completou. 

 

Hermany comentou ainda sobre os encaminhamentos na área social e o suporte dado à comunidade. “Hoje, toda pessoa tem acesso a muito mais do que o simples registro da ocorrência. Ela tem o apoio e o acompanhamento de todos os órgãos de assistência social também”, declarou.  

Outro assunto que entrou na pauta foi a possibilidade de implantação do Instituto Regional de Perícias (IGP), programado para 2018. “O posto de criminalística regional é viável e vamos trabalhar para fazer as adequações necessárias”, disse. Segundo ele, em março do próximo ano o Estado deverá nomear peritos concursados e o projeto deverá se concretizar  até o final do primeiro semestre.  

 

Inaugurado em dezembro, o Centro Integrado de Videomonitoramento, que funciona junto à sede da Brigada Militar, também foi mencionado pelo secretário. “É uma iniciativa que contempla vários segmentos da área de segurança e além de inibir agiliza a prestação de serviços”, afirmou. De acordo com ele, são 40 câmeras que monitoram vários pontos da cidade, mas a intenção é investir ainda mais em segurança. “Queremos fazer um cercamento eletrônico da cidade, e acoplar às câmeras uma ferramenta de leitor de placa e o reconhecimento por meio do leitor facial”, garantiu. 

 

Ainda na área de segurança, o secretário salientou a qualificação periódica aos servidores da Guarda Municipal e a atuação do órgão na cidade. Citou como exemplo a atuação no Módulo Compartilhado, na Praça Getúlio Vargas. “A atuação da Guarda é bem abrangente. Aqui no Centro conseguimos, com a colaboração de outros órgãos, inibir o comércio ilegal”, exemplificou. 

 

A atuação da Defesa Civil também foi abordada. Segundo ele, devido às fortes enxurradas ocorridas durante o ano, houve uma série de investimentos para atender os atingidos pelas intempéries. “Hoje temos estrutura para atender até 200 famílias. Temos lona, colchões, material de limpeza. Em caso de necessidade temos como dar todo suporte necessário”, assegurou. Para 2018, acresecntou, um ônibus foi adquirido e será adaptado para levar a estrutura da Defesa Civil onde será necessário. “É um minidepósito, com escritório de atendimento e que pode se deslocar até as famílias que eventualmente possam ser atingidas”, declarou. 

 

Ao finalizar a entrevista, Hermany destacou o sucesso dos projetos na área do esporte e as novidades para o próximo ano. Além do Craques da Bola, que atende 1.200 crianças e adolescentes em 29 núcleos da cidade e do interior, o secretário elencou o projeto Maturidade Esportiva, que atende 800 adultos e idosos em 18 núcleos. “O  Craques da Bola terá o judô como mais uma alternativa. Crianças e idosos são nossa prioridade”, afirmou. O incentivo ao esporte amador também foi lembrado. “Fizemos melhorias em vários campos de futebol e reativamos vários campeonatos que até então estavam parados”, disse. Segundo ele, Campos do Flamengo, Rauber e o do Bairro Esmeralda receberam melhorias. Dentre os campeonatos retomados, Hermany citou o da Copa Cidade, Lifasc, Departamento de Monte Alverne e Vale do Castelhano. 

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico:
suporte@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP