51 3713 8100

Vice-prefeita destaca programas habitacionais para a qualidade de vida da população Última atualização em, 22 de dezembro de 2017

A vice-prefeita Helena Hermany, que também responde pela pasta de Habitação, concedeu entrevista na Rádio Gazeta AM 1.180 nesta sexta-feira, 22.  Helena iniciou sua fala exaltando a importância de acolher bem as pessoas que procuram auxílio  na secretaria. “Nossa filosofia de trabalho é ouvir a população e atender aos pedidos sempre que possível”, afirmou. 

 

Sobre programas habitacionais, Helena ressaltou as 563 casas previstas para os loteamentos Mãe de Deus e Santa Maria, que serão construídas com recursos a fundo perdido. “Foi uma conquista que nos deixou muito felizes. É o coroamento de um ano de muito trabalho, porque esse projeto não onera os cofres públicos e beneficia famílias necessitadas”, declarou. Ainda segundo ela, Santa Cruz é um dos seis municípios do Brasil que receberam autorização do Ministério das Cidades para migrar do Programa Pró-Moradia para o Minha Casa Minha Vida. “Temos que agradecer também à senadora Ana Amélia Lemos, que muito nos ajudou para que isso fosse possível”, reconheceu. 

 

Questionada sobre os problemas recorrentes do Residencial Viver Bem, ela relembrou de que a Administração Municipal fez muitas intervenções, mesmo que não fossem obrigações da Prefeitura. “Temos consciência de que são nossos munícipes e não poderíamos deixá-los desassistidos”, comentou. Ainda sobre o Viver Bem, destacou a creche que já está sendo licitada e o acompanhamento diário às famílias. “Vamos ouvir sempre o que é prioridade para os moradores. E o Centro Comunitário, que oferece atendimento a grupos de idosos e refeição às crianças, possibilita essa proximidade com eles”, explicou. 

 

O Cartão Reforma, lançado no final de novembro, também entrou na pauta. Helena relembrou que Santa Cruz do Sul está entre as 28 cidades gaúchas contempladas pelo governo Federal nesse Programa. “O objetivo é oportunizar que as famílias tenham melhores condições de moradia . E ficamos muito felizes por termos sido contemplados. Espero que as pessoas aproveitem essa oportunidade”, afirmou. 

 

Ao finalizar a entrevista, a vice-prefeita avaliou outros serviços prestados pela pasta de Habitação em 2017. “Realizamos mais de 500 atendimentos, como fornecimento de materiais nas enchentes, reforma de casas, banheiros. Nossa assistência social deu todo esse suporte, porque uma casa tem que ter todo acompanhamento social para ter qualidade de vida”, finalizou.

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico:
suporte@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP