51 3713 8100

Secretário de Fazenda afirma que Santa Cruz fechará o ano no azul Última atualização em, 14 de dezembro de 2017

Dando continuidade à série de entrevistas na Rádio Gazeta AM 1.180, quem esteve na emissora na manhã desta quinta-feira, 14, foi o secretário municipal de Fazenda Álvaro Conrad. 

 

O equilíbrio financeiro do município foi o primeiro assunto abordado. Terminar o ano no azul, segundo ele, é prioridade na administração. No mês de novembro, especificou, as contas tiveram uma arrecadação equilibrada e a expectativa é entrar 2018 com saldo positivo. 

 

O sucesso do Programa Regularize Cidadão também entrou na pauta. Em sua quarta edição, a campanha, segundo Conrad, já contabiliza uma arrecadação aproximada de R$ 4,2 milhões neste ano, e cerca de R$ 8 milhões em quatro anos, desde que iniciou, em 2014. No total, mais de quatro mil contribuintes já aderiram a esse sistema para saldar as dívidas com a Prefeitura. 

 

A fixação dos alvarás nos estabelecimentos também foi lembrado pelo secretário. “É um documento que precisa estar visível para todos. Muitas vezes o fiscal chega nos estabelecimentos comerciais e o alvará não está exposto”, alertou. 

 

Questionado sobre a utilização das redes sociais para avaliar moradores que solicitam a isenção de impostos, Conrad esclareceu. “É uma ferramenta a mais de trabalho no caso de haver alguma desconfiança nas informações dadas pelos contribuintes”, disse. 

 

Com relação à arrecadação por meio do IPTU, Álvaro fez uma estimativa de arrecadar cerca de R$ 23 milhões. E lembrou ainda que quem optar  pelo pagamento até o dia 2 de janeiro, receberá um desconto de 5%. “Concedemos esse percentual para quem saldar até o início do ano. E quem ainda não recebeu o carnê pode retirá-lo na própria secretaria”, afirmou. 

 

Ao final da entrevista, Álvaro ainda discorreu sobre o trabalho da fiscalização quanto ao comércio dos ambulantes. De acordo com ele, é uma preocupação do poder público em encontrar um espaço específico para comercializarem seus produtos, mas ainda não se encontrou uma solução. “Por enquanto estamos orientando os ambulantes e fiscalizando, inclusive nos fins de semana, para tentar coibir essa prática”, finalizou. 

 

 

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico:
suporte@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP