51 3713 8100

Projeto para construção de rotatória na BR 471 é protocolado no Dnit Última atualização em, 14 de novembro de 2017

Não falta muito para a Prefeitura de Santa Cruz do Sul intervir junto ao trevo da BR 471 - situado em frente a Philip Morris -, e transformar o que hoje é um cruzamento em uma rotatória, visando proporcionar mais segurança aos moradores dos arredores e funcionários da empresa. O projeto com todas as exigências feitas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) foi entregue na manhã desta terça-feira, dia 14, no escritório da autarquia, em São Leopoldo, pelo secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Leandro Kroth, que é também o engenheiro responsável. 

 

As tratativas para a construção de uma rotatória tiveram início no ano passado e desde então inúmeras reuniões entre técnicos da prefeitura e do Dnit  foram realizadas para lapidar o traçado. Como a rodovia está sob jurisdição federal, a prefeitura necessita da autorização do órgão para realizar qualquer tipo de intervenção. A expectativa é de que tanto a aprovação do projeto como a autorização para seguir com os trâmites sejam dadas até o início de dezembro. 

 

Dentre os últimos apontamentos feitos pelos técnicos do Dnit, está o alargamento da via que fica no lado de dentro da rotatória. Assim cada uma das três vias terá cinco metros de largura, totalizando 15 metros. Segundo Leandro, não há previsão de recursos federais para execução da obra.  “Prefeitura vai fazer a rotatória com recursos próprios”, disse. 

 

Ainda no mês de maio deste ano o Município efetuou a instalação de oito postes para melhorar a iluminação do trecho, que já ficou conhecido como trevo da morte e, em razão disso, foi ponto de protesto de moradores após vários acidentes registrados. A falta de iluminação era uma das principais exigências dos motoristas e pedestres moradores das proximidades.

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico:
suporte@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP